Bom, primeiro de tudo, trago boas novas! Quem me conhece e me segue no Instagram já sabe que EU ESTAVA EM DUBLIN, HAHAHA. Voltei pra visitar o meu namorado no finalzinho de outubro e fiquei até o final de dezembro, mas vou explicar isso melhor ao longo do post!  

E o que isso significa, Rafa? 

Mores, isso significa que teremos posts extras na série e também alguns posts de viagens pela Europa, YAY!

Como vocês já sabem, na hora de escolher o país onde faria meu intercâmbio, a localização foi um dos pontos mais importantes pra mim. E já que eu queria um intercâmbio voltado para o inglês, mas também queria a possibilidade de viajar o máximo possível, e o fato da Irlanda estar localizada na Europa foi definitivo para a minha escolha.

Os voos são bem baratinhos para os países da Europa Ocidental, e mesmo se você não tiver interesse em conhecer outros países da Europa, o interior da Irlanda possui as paisagens mais lindas que já vi. São MUITAS cidadezinhas e condados por aqui. Eu, infelizmente, ainda não tive tempo de conhecer todas as que coloquei na minha lista. Mas ao final do post vou deixar a minha listinha aqui, pra compartilhar com vocês e saber de vocês quais delas vocês já conhecem, ouviram falar ou pretendem conhecer um dia.

A minha experiência como turista pela Europa começou aqui mesmo, no interior da Irlanda, em um lugar que sempre esteve na minha travelist desde que me entendo por wanderluster – e que roubou meu coração na primeira vista: Os Cliffs of Moher. 


Apesar da minha vontade enorme de conhecer os Cliffs, a ideia de ir surgiu de amigas que conheci durante o intercâmbio. Elas já tinham quase tudo planejado e quando me avisaram elas já tinham escolhido a agência e o dia. 

Nós fomos por uma agência irlandesa chamada Lally Tours, então todo o passeio é guiado por profissionais Irlandeses que falam somente em Inglês. Pra quem não fala nadinha de inglês, recomendo procurarem os tours por agências brasileiras. Mas pra quem já tem um domínio maior, acho uma oportunidade bacana de aprender um pouco da cultura e da geografia da Irlanda através das visitas guiadas por um profissional nativo. 

Lally Tours é uma empresa familiar que organiza tours pelo Oeste da Irlanda desde 1988. Nós fornecemos mais do que apenas visitas guiadas partindo de Galway - Nossos motoristas e guias profissionais estão aqui para ajudá-lo a experimentar o melhor do Oeste da Irlanda. Nós convidamos você a explorar os incríveis penhascos de Moher, as montanhas majestosas do Connemara e beleza das ilhas de Aran.

Os preços são um pouco “assustadores” quando comparados com preços de agências brasileiras ou com os de alguns transfers, mas o serviço oferecido pela empresa vale cada centavo!


O valor do ticket inclui transfer de Dublin até Galway, local onde os tours começam. Ele também inclui uma entrada para o Cliffs of Moher Experience e tours guiados. E apesar de ter um pouco de dificuldade de entender o que o Guia falava no início – Até porque o sotaque Irish é um pouco (muito) pesado, haha – o guia era super engraçado e explicava tudo com paciência. 

O transfer sai do centro de Dublin bem cedinho, às 6:45am. A viagem até Galway dura 2h30min e é super tranquila, dá até pra tirar um cochilo, hahaha. Sem contar que a paisagem das estradas no interior da Irlanda são deslumbrantes!


Chegando em Galway, a empresa faz uma concentração na rodoviária e de lá pegamos outro ônibus até a primeira parada: Dunguaire Castle (Kinvara).


Infelizmente e justamente no meu dia, tivemos um probleminha e o motorista decidiu parar no Castelo somente na volta do Cliffs, já que o castelo fica bem no “começo” do tour. Mas ao chegarmos lá, o horário de visitação do Castelo já tinha acabado. Mas a parada valeu a foto e a vista MARAVILHOSA! O castelo foi o Palácio Real de Guaire Aidhne, rei de Connacht, em 1520.

Logo após passarmos em frente ao Castelo, seguimos em direção à Aillwee Cave. Para os de estômago fraco (como eu), recomendo um remédio contra enjôo durante essa parte do percurso, hahaha. São muitas curvas, ladeiras e buracos. A visita à caverna é paga, não lembro exatamente quanto – mas algo entre 2 e 5 euros.


A Aillwee Cave é uma das cavernas mais antigas da Irlanda. A visita é acompanhada por um guia que explica toda a história por trás da descoberta da caverna, a localização e as características. Em determinado momento da visita, todas as luzes são apagadas e experimentamos a sensação de “escuridão completa”. Nossos olhos não conseguem se adaptar à escuridão e a sensação é quase desesperadora, hahaha! É muito incrível e, pra mim, foi a melhor parte do tour. 

 
Saindo da caverna, seguimos em direção ao tão esperado Cliffs os Moher! Eu tava com uma expectativa tão grande que, ao chegar lá, juro que quase chorei. Toda a vista é deslumbrante, algo que te faz perder o ar. Infelizmente eles dão apenas 1h30min pra conhecer o local, o que eu achei bem pouquinho já que, além de andar devagar, eu queria parar e contemplar o local! Hahaha. Esse é um dos motivos pelos quais quero voltar e passar o dia inteirinho! Tem muita coisa pra se explorar por lá.

 

Eles não fazem tour guiado pelos Cliffs, então a visitação é livre. O lugar é maravilhoso pra contemplar, tirar fotos. Então recomendo um tour com mais tempo livre, porque são muitos cantinhos a serem descobertos. Recomendo também um tênis bom, já que são muitas subidas e descidas que chegam a cansar hahahaha <3


Acho que até hoje esse foi o lugar mais lindo que já vi na minha vida! Demos a sorte de ir num dia de sol, então a vista estava mais linda ainda.

E você? Qual o lugar mais bonito que você já visitou? O Cliffs of Moher já entrou na sua travelist? Me conta aqui embaixo! Em breve sai post com mais opções de turismo pela Irlanda, prometo!

Um beijo da Rafa <3



2016 foi um ano negativamente marcante pro mundo. Guerras, separações e tragédias marcaram nossas vidas de uma forma tão intensa que vai ser difícil esquecer. Pra mim, 2016 foi um ano bem louco. Foi exaustivo, porém cheio de realizações. Coisas boas e ruins aconteceram, mas sobrevivi.

Comecei o ano entrando no curso de Administração, na UFBA. Conheci novas pessoas, aprendi muita coisa e tô feliz demais com a minha escolha acadêmica. É incrível o sentimento de estar convicta de que é realmente isso que eu quero pra minha vida. Tive poucas férias e três semestres em um ano. Foi bem cansativo (e fez com que eu não postasse com tanta frequência no blog), mas esse ano as coisas também vão funcionar assim e eu, como estudante de federal, só tenho que aceitar né hahahaha.

Entrei pra um intensivo de francês e já to indo pro avançado!!! É puxado, e apesar de não estar tão focada e estudando como deveria, aprendi muito e agora consigo compreender um idioma que antes parecia super complicado pra mim. Também fiquei mais amiga do espanhol, que já estudava há um tempo. Aprendi a gostar demais de musicas e filmes hispânicos e isso fez a minha fluência aumentar muito!

Conheci o Chile e pude ver a neve de pertinho na Cordilheira dos Andes. Treinei o meu espanhol e risquei mais um país da minha travelist. Foi a minha primeira viagem internacional com o meu namorado — e nossas famílias. Depois de uns meses, com ele e mais dois amigos, conheci o Rio de Janeiro e fui pela primeira vez a um festival de música eletrônica. Foi a nossa primeira viagem sozinhos, a primeira que consegui juntar dinheiro e pagar a viagem completa, e a sensação disso é indescritível (já quero mais!). Foram experiências fantásticas e os posts dessas viagens sairão em breve. Aguardem!!!

Inclusive, consegui manter um blog (no caso, esse aqui né hahahaha) por um ano e meio pela primeira vez na minha vida! Aqui é o meu cantinho favorito de todo o mundo e pretendo crescer muito mais com ele. No ano passado trouxe novidades como um layout novo, o domínio do blog, e as redes sociais dele (sigam o blog no Instagram e no Facebook!). Esse ano pretendo trazer ainda mais coisas pra vocês, então aguardem!

Fui, pela primeira vez, no show de uma das minhas bandas preferidas (e contei tudo aqui!). Ganhei o meu primeiro carro — e eu não poderia ser mais grata aos meus pais pelo melhor presente de toda a minha vida! Entrei pra casa dos 20. Me tornei mais independente. Fortaleci algumas amizades. Revi amigos que não via há muito tempo. Assisti muitas séries. Ri, chorei, me preocupei, sorri. E agradeço por cada momento vivido durante esse último ano.

Por fim, o final de 2016 foi marcado por diversas mudanças pessoais. Voltei a cuidar do meu corpo, fazendo reeducação alimentar e voltando a fazer exercícios. A mudança ainda está pequena, mas aos poucos vou chegando ao meu objetivo. Também realizei um sonho de muitos anos e virei ruiva. Comecei a me ligar mais em coisas de cabelo, principalmente sobre o mundo ruivo, e iniciei um cronograma capilar antes da mudança. Pintei há umas semanas, e meu cabelo ainda não está do tom que eu desejo, mas foi uma escolha minha fazer essa mudança aos poucos pra não agredir tanto os meus fios — que já não eram a melhor coisa desse mundo, hahahaha. Estou super satisfeita com o primeiro resultado e já to contando os dias pro próximo retoque! Depois faço um post contando tudo sobre essa transição pra vocês, ok?

Em 2017, quero continuar cuidando de mim, pra que eu possa me amar mais. Foi algo que eu realmente deixei passar no ano anterior e pretendo trabalhar muito nisso, esse ano. Também quero focar mais nos estudos, aprender bastante, tirar notas melhores e, quem sabe, conseguir um estágio. Viagens não podem faltar nesse ano, é claro, mas pretendo juntar dinheiro pra fazer uma grande viagem em 2018. Me mandem forças e energias positivas, por favor! 

Como foi o ano de vocês? E quais são as suas metas pra 2017? Contem pra mim aqui nos comentários! Enfim, desejo que em 2017 vocês possam ter tudo de melhor que há no mundo. FELIZ ANO NOVO!!!

Com amor,
Steph.




Deus ouviu minhas preces!!! No penúltimo sábado (03/12), foi inaugurada a Forever 21 aqui em Salvador! Desde que soube da notícia, em junho, fiquei muito ansiosa, contando os dias pra chegar logo. A loja é, de longe, a minha preferida, e eu não podia estar mais feliz de finalmente tê-la bem pertinho de mim.

De início, fiquei meio receosa em ir à inauguração, pelos relatos de lotação nas primeiras semanas de vida da loja em outros lugares do Brasil. Depois, me animei de conferir o primeiro dia por motivos de: brinde para os 200 primeiros. E EU AMO BRINDES NÉ. Como estava no apê da Bella, daqui do blog, decidimos ir. Mas no dia, quando acordamos, às 7:30 da manhã, soubemos que já tinham mais de 200 pessoas aguardando DESDE 6!!!!!! Aí foi aquela coisa né, acabei desistindo de novo.

Porém, como a vida sempre nos prega peças, acabei indo pro mesmo shopping, pois a Isabela precisava comprar umas coisas de cozinha. Não resistimos e passamos bem na frente da loja. Meus olhos brilharam mais que tudo. Precisava entrar lá. A fila nem tava tão grande assim. Me ajudem!

Porém, como a fome era maior que tudo, fomos almoçar, primeiramente. Encontramos outra amiga nossa, a Vitória (que vai aparecer aqui em breve), e depois voltamos pra frente da loja, pra enfrentar a temida fila da entrada.


Como eu havia dito, a fila não estava tão grande como eu imaginava. Ficamos nela por aproximadamente 20 minutos. Depois disso, foi só alegria!

O modelo e a decoração da loja são extremamente parecidos com as das que eu havia visitado nos EUA. Notei a semelhança, principalmente, pelas cores e frases que estampavam as paredes, e por aquela iluminação forte, branca, que destaca todas as peças maravilhosas que eles tem.
 
A COLEÇÃO DE ANO NOVO JÁ MARCANDO PRESENÇA COM AS SIAS NA ENTRADA DA LOJA

As coleções presentes eram incríveis. Havia todas aquelas peças bem tendência que costumamos usar por aqui, mas com AQUELE toque da Forever 21. Os tons básicos, neutros e pastéis, e as estampas florais e listradas, predominavam. Notei, também, muitos croppeds e shorts de tecido, pra arrasar nesse verão que tá chegando mas aqui já chegou há muito tempo. Confiram algumas fotos das peças:





ACHEI O MOLETOM DO BLOG!!! HAHAHAHA PENA QUE SÓ TINHA ESSE TAMANHO P (QUE PARECIA MAIS PP) </3
Outra sessão que morri de amores foi a de peças íntimas. Queria levar todas as lingeries e os pijamas pra casa. Tudo muito fofo e com ótimos preços!




A sessão que mais me surpreendi foi a fitness. Diferentemente das outras lojas de departamento daqui, e até das outras F21 que conhecia, ela era enorme e tinha uma variedade muito boa de peças. Cada uma mais linda que a outra, e com preços que valiam super a pena.


"Mas Stephanie, você tá ai falando de ótimos preços e tal, MAS EU QUERO NÚMEROS MEU AMOR!!!" Calma moresssss, chegou a hora de falar sobre as expectativas econômicas, que é o que todo mundo tá querendo saber, né?

Bom, pra mim e pra quem conhece a loja no exterior, talvez haja um pequeno desencantamento. Esqueçam as regatinhas de 99 centavos de dólar (sdds), as blusas básicas de $1,99 (sdds) e outras peças que mal chegavam na casa dos 10 trumps obamas (sdds). Porém, aqui a F21 tá no mesmo nível das outras lojas de departamento mais populares. Confesso que fiquei apaixonada por muitas peças que custavam R$ 115 (ê, olho bom), mas também fiz uns achadinhos bem interessantes. Vi regatas por R$14, t-shirts por R$39, leggings por R$25, vestidos por R$49 e outras peças remarcadas com preços entre R$25 e R$39. Se procurar com calma, dá pra garimpar e muito!


As sessões mais baratinhas da loja, na minha opinião, foram a de peças íntimas e a de acessórios. E falando nelas: MEU DEUS, nunca vi taaaaantos acessórios juntos na minha vida! Tem MUITA variedade, sério. São peças super lindas, diferentes e com preços ín-crí-veis! Já me vi fazendo a limpa nos acessórios e levando tudo pra casa. Surtem aqui comigo:


As bolsas também ganharam o meu coração! Tem pra todos os gostos e momentos: casuais, maxis, pequenas, tiracolo, mochilas, de praia, ecobags... De todos os tons e estampas, mas o preto e o bege dominavam. Super lindas! Olhei bem rapidinho, e preços estavam bem ok.


Mas se engana quem pensa que só de produtos femininos vive a F21! Lá também existe a sessão 21MEN, voltada pro público masculino. Confesso que achei a sessão pequena, comparada com outras lojas da rede, mas enfim né. Não cheguei muito perto pra conferir as peças, porque a região tava meio cheia por conta da fila do caixa, mas de longe achei algumas peças lindas. Já quero levar o boy pra fazer a festa junto comigo, hahahahahaha.


Por fim, até me interessei por algumas peças e cheguei a pegá-las pra pensar se valia a pena ou não, mas acabei nem levando nada por conta do absurdo que tava as filas do caixa e até do provador! (Juro que vi gente meio escondida nos cantos provando roupa do lado de fora mesmo hahahahahaha) Então fiquei mais fazendo fotos mesmo, e analisando tudinho, mas juro que no mês que vem volto lá pra adquirir algumas coisinhas. Se vocês quiserem um post com achadinhos é só avisar, ok? <3


ACHEI MUITO FEED DO INSTAGRAM ESSA PAREDE. AMEI REAL! ♥

Alguém aqui é de Salvador e foi na inauguração? Se não, já foram em alguma F21? O que acharam da loja? Contem pra mim aqui nos comentários!

Com amor,
Steph.