Não é Berlim, é Dublin! — A Primeira Semana: Perdida na Cidade

16:34:00


Olá, coisas lindas! Como prometido, cá estou eu para contar como foi a minha primeira semana na Ilha da Esmeralda. Esse post tá saindo um pouquinho depois do que eu gostaria, até porque minha vida anda meio bagunçada, mas eu juro que vou compensar nos próximos posts pra tentar terminar a série sobre a Irlanda no finalzinho de outubro. Ok?

Pra quem tá pegando o bonde andando, eu conto nesse post aqui quais foram as minhas primeiras impressões e experiências em solo europeu. Situados? Então vamos lá!
      
Bom, quem achou que depois dos 5 dias mais sofridos do meu intercâmbio tudo finalmente ficou perfeito, tô aqui pra dizer que: foi eita atrás de eita! HAHAHA. Apesar das coisas terem começado a dar certo, eu ainda tive que passar por muito sufoco, já que sou a pessoa mais perdida do mundo! Após os 5 dias no primeiro Hostel, muito chororô e saudade de casa, eu FINALMENTE comecei as aulas na escola de inglês e me mudei para o Hostel da Egali. Mas, como eu disse: Muitos baques estavam por vir logo no meu primeiro diazinho de aula.

Quando fechei meu pacote com a IPB, eles haviam me dito que a IBAT (escola em que eu estava matriculada) ficava em Dublin 2, ou seja, ficava bem pertinho (uns 15min andando) de onde eu estava hospedada. Eu até tinha ido visitar o local pra me encontrar, porque, como eu disse, sou muito perdida. Entretanto, para a minha surpresa, ao chegar no local fui informada de que minha aula seria em outro prédio, que se encontrava a 2km de distância do campus onde eu achei que seriam as minhas aulas. Imagina que desespero bateu! ANDAR DOIS QUILÔMETROS PRA ACHAR AQUELE PRÉDIO!! E aí lá fui eu, sozinha e desesperada, atrás de um táxi pra encontrar o bendito local das aulas

E aqui vai uma dica da Rafinha: Táxi em dublin é caro, mas todos os taxistas que tive a oportunidade de conhecer foram super gentis e sempre me ajudavam com tudo.

Foi super tranquilo encontrar o prédio, mas acabei me decepcionando um pouquinho com a estrutura, já que eu esperava uma coisa totalmente diferente do que me fora proposto pela agência e pela própria escola.

IBAT COLLEGE
Meu primeiro dia de aula não foi exatamente de aula. Tivemos um teste de nivelamento e eu acabei ficando no Upper Intermediate, que é como se fosse um pós-intermediário. Fiquei um pouco decepcionada com o nível em que me colocaram, mas como meu inglês andava meio enferrujadinho, não dei muita importância. Os livros são concedidos pela própria escola, mas é um material de apoio: No final do curso, o livro deverá ser devolvido pra escola, e você não precisa pagar nada pelo material.

Bom, logo no primeiro dia na IBAT conheci duas pessoas MARAVILHOSAS que me acompanharam durante todo esse mês em Dublin (e que me ouviram falar da minha paixonite a viagem toda, haha). Como elas ficaram em uma acomodação bem pertinho da minha, aproveitamos a volta para casa pra conhecer um pouco do caminho que faríamos para a escola (quase 6km todo dia), dar uma volta pela O'connell Street e conhecer o famoso supermercado TESCO.

Após essa loucura toda de conhecer o centro, fui atrás do hostel em que ficaria hospedada pelo resto da minha viagem: O Egali Hostel. Apesar de ser um hostel, eu posso dizer que me sentia em casa toda vez que chegava lá. Todos os funcionários do hostel são brasileiros, super prestativos, ADORAM conversar (haha), e me ajudaram muito durante toda a viagem. Além disso, dei a sorte de conhecer muita gente especial nesse hostel, que vou levar no meu coração pro resto da vida. 

O Egali Hostel fica localizado na Parnell Street, uns 2 minutinhos a pé da O'Connell (a avenida principal do centrão de Dublin) e é perto de tudo que você imaginar: Ponto de ônibus, restaurantes, cinemas, shoppings, do famoso Temple bar, do Tesco... ENFIM! Eu confesso que não gostava taaanto assim da localização, mas não por conta do hostel, mas porque toda a minha rotina (escola e boy magia rsrs) ficava mais afastada do centro. Mas nada que o ônibus não resolvesse!


Já que toquei no assunto ônibus, vamos ao alerta da Rafinha:
ÔNIBUS EM DUBLIN É MUITO CARO E COMPLICADO! Primeiro que são valores diferentes pra cada distância percorrida. Não me lembro ao certo todos os valores, mas sempre pagava 2.70 no ônibus que eu costumava pegar pra Dublin 4, local onde ficava a casa da minha paixonite. Eu ainda vou explicar direitinho essa história, juro haha  Enfim, o Dublin Bus só aceita moedas e, caso você não tenha a quantia exata de moedas, eles não devolvem o troco na hora. O motorista emite um tipo de "comprovante" e você tem que ir na central pra buscar o seu troco. Ou seja: Adeus dinheiro na hora.
Mas apesar de todas essas complicações, não sofri muito com os ônibus, já que o Google Maps e o app do Dublin Bus me ajudavam bastante, pois me informavam exatamente qual e onde eu deveria pegar o ônibus, e nos principais pontos de ônibus eu sempre encontrava uns painéis eletrônicos não muito confiáveis que avisavam em quantos minutos o ônibus chegaria. Ah, outro ponto positivo do Dublin Bus era que a maioria das linhas possuía uma espécie de letreiro (em inglês e em irlandês) que avisava qual seria o próximo ponto de parada do ônibus. Pra quem é perdido como eu, é uma baita de uma ajuda! 

Com a mudança de localização, pude conhecer melhor o centrão de Dublin, como a O'Connell, a Parnell e A MELHOR RUA PRA SE GASTAR O QUE NÃO DEVE: A Henry Street. Pensa na variedade de loja que tem nessa rua? Era de Pull&Bear à Forever 21, Penneys, Mac, loja plus size *yay* Foi uma loucura, quase fali! Sem contar que por lá tem um Tesco gigante, onde eu sempre fazia umas comprinhas pra cozinhar. Lá é super movimentado e sempre tem umas atrações culturais ao ar livre — Músicos, gente desenhando e até escultura de areia.
                                        

Também na primeira semana de aulas, a minha escola fez um passeio para o Memorial Garden — Sim, normalmente a IBAT faz uns passeios para os pontos turísticos de Dublin toda a semana, não é um amor?! O Irish National War Memorial Gardens é um jardim construído em homenagem aos soldados que serviram ao exército Irlandês e à exércitos aliados, e que perderam a vida lutando na Primeira Guerra Mundial. Ele fica localizado em D8, pertinho da fábrica da Guinness, e é um dos lugares mais lindos que já visitei na minha vida! É um jardim (jura?) e por isso a diversidade de flores é imeeeeensa. Como aqui na minha cidade não temos muitos parques ou jardins, eu fiquei deslumbrada com tudo o que vi por lá, desde as construções rodeadas de flores maravilhosas até um largo enorme que tem por ali. O ambiente é maravilhoso pra sentar, ler um livro, fazer um piquenique e até se você tiver afim de só pensar na vida mesmo haha. É bem tranquilo e é de graça, ou seja: Vale muito a pena a visita.
                                     

Bom, essa foi a minha primeira semana em Dublin! Sei que ainda não comentei sobre os principais pontos turísticos e sobre os pubs, mas prometo que o próximo post vem recheado de Rafinha bêbada na Irlanda e um micão tour a cada parágrafo HAHAHA. Não deixa de passar aqui pra ler! E ah, deixa o seu comentário! Vou adorar responder todos <3 


MAS PERA AI, RAFA! E A HISTÓRIA DE AMOR?! 

Momento Romance *musiquinha romântica de fundo* 

Como comentei no último post, eu (como se não bastassem todos os problemas) me fiz o favor de me apaixonar no meu intercâmbio. É isso mesmo que vocês leram!!! Decidi comentar aos pouquinhos sobre essa partezinha maravilhosa da minha viagem, então, daqui pra frente, todos os posts vão conter o "Momento Romance do Intercâmbio" até porque boa parte das minhas experiências na Irlanda foram ao lado dele, hahaha. 

Eu conheci o dito cujo  no primeiro hostel que fiquei hospedada. Ele ficou no beliche em frente ao meu, e acabamos por nos conhecer ali mesmo, no quarto de um hostel. Acontece que eu estava assistindo uma série, e ele me perguntou o que eu estava assistindo. Eu, claro, disse que estava assistindo GoT (mas, na real, eu tava assistindo gossip girl HAHAHAHA), e ele perguntou se poderia assistir comigo. Então, pra disfarçar o micão, comecei a puxar muitos assuntos com ele e fui fechando o notebook e, assim, acabamos esquecendo da série e conversamos durante um longo tempo, hahahaha. 

Bom, ele está em Dublin estudando e acabou no mesmo hostel que eu porque precisava de um lugar pra dormir até achar um apartamento próximo à universidade. Ele acabou achando o apartamento no mesmo dia em que eu mudei de Hostel e eu, claro, pensei que NUNCA que um homem daqueles ia querer algo comigo depois de sair do hostel, mas um dia depois ele me convidou pra conhecer o apartamento e DAM DAM DAM DAM: Acabamos ficando o mês inteirinho juntos, haha. 

O que fizemos nesse tempo? Teve date? Qual a identidade "secreta" do boy magia? Vocês ainda estão juntos? 

Bom, meus caros, isso só nos próximos capítulos, haha. 

Um beijo bem apertado da Rafa. <3

You Might Also Like

19 comentários

  1. Oi Rafa

    Eu rindo até agora com a questão de Gossip Girl e GOt hahahahahaha Acho que pegar ônibus é sempre uma complicação fora do Brasil, sou muito perdida pra isso rsrsrs Adorei as fotos e espero que vc curta de montão <3

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  2. oi, oi.

    poxa, Stephanie!!! to super curioso pra saber mais sobre o teu crush/boy magia/projeto de amor eterno. sério! claro que as infos da viagem são super importante, mas, como to mais quebrado do que um mendigo, não fará muita diferença agora. :D

    eu imagino bem o teu sofrimento do outro lado do mundo, longe de tudo e todos. mas, no fim, essa experiência nos ajuda a ser mais fortes pra outros tipos de situação. :D

    bjs!
    Não me venha com desculpas

    ResponderExcluir
  3. Olá,
    Primeiro que ainda estou NO CHÃO com essa história de amor, ri muito da sua pequena mentira sobre os seriado que estava vendo e ESTOU MUITO CURIOSA PRA VER QUEM É ESSE BOY E SABER DOS PRÓXIMOS ACONTECIMENTOS. Além de estar linda e maravilhosa em Dublin, ainda passou um mês com a paixonite. A gente até perdoa o troco q não é dado na hora.
    Beijos.
    Nasci Gabriela - www.nascigabriela.com.br

    ResponderExcluir
  4. Oi Rafa, tudo bem?
    Nossa, que legal a sua viagem, muitos acontecimentos hem?
    Ainda mais com o boy magia haha Já quero os próximoooos capítulos! *-* #acuriosa
    Adorei as fotos, todas lindas!

    Amore, tem post novo lá no blog, te convido a ir conferir!

    Beijos
    Amanda Z.
    www.diariodelooks.com

    ResponderExcluir
  5. OI RAAAAAFA

    melhor comentário sobre sua viagem: foi eita atrás de eita! HAHAHAH e essas foram mesmo as minhas reações com todos esses desencontros e perdas dentro de um lugar que tu não conhecia HAHAHAH mas que bom que existe gente boa no mundo, como os taxistas, que te auxiliaram aí nesse processo.

    ROMANCEEEEEEEE? MAOEEEEEEEEE. JÁ QUEREMO SABER TUDO, PODE CONTAR, MOCINHA!

    beijo
    beinghellz.com

    ResponderExcluir
  6. Gostei muito do post! A viagem parece ter sido muito boa :)

    http://myfashionsenseblog.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  7. Sou como você, Rafa! Super perdida, hahaha! E não é pra ficar triste com seu nível de inglês, você tá aí pra aprender mesmo. Ai que legal encontrar gente que fala português lá, poder se sentir em casa é muito bom né? Ônibus é um meio bom, mas não sabia que em Dublin era assim, que merda D: eu ficaria desesperada ou só pegaria Uber, seria mais fácil. Vi a foto dessa rua e já acreditei que você disse no lance de gastar, eu ficaria louca lá, hahaha! E que jardim lindo!!! QUE FALSA VOCÊ!!! HAHAHAHAHAHAHAHA! Falando que assiste GoT, mas na verdade tava vendo Chuck Bass lá, hahahaha! MUITO EU! Adorei a ideia! Próxima vez vou falar isso quando um garoto me perguntar qual série toa assistindo, hahaha! Amei, sério! Olha, quero acompanhar esses posts sobre o romance na gringa ein! Toda vez que postar, faça o favor de me avisar!!!

    Beijos!
    www.likeparadise.com.br

    ResponderExcluir
  8. Não me importava nada de visitar!

    Isabel Sá
    Brilhos da Moda

    ResponderExcluir
  9. Não me importava nada de visitar!

    Isabel Sá
    Brilhos da Moda

    ResponderExcluir
  10. RAFAAAA TÔ CURIOSA PRA SABER O QUE É QUE ROLOU! Suspense :O Eu acho bus em Dublin de boas, mas entendo que esse negócio das moedas complica - em Londres dá pra pagar com cartão de débito, acho incrível. E eu nunca fui nesse jardim e nem na fábrica da Guinness kkk preciso visitar!!


    Beijos
    Brilho de Aluguel

    ResponderExcluir
  11. Menina, me diverti demais nesse teu post. Morri rindo na parte da mentira do seriado. kkkkkkk suaaa doida.
    Quero acompanhar mais posts <3 amei demais.
    bjuxx
    www.taayvargas.com

    ResponderExcluir
  12. Eu amo ver esse tipo de post. Sou apaixonada por viagens e lugares diferentes, e saber como são as coisas por lá.
    Um beijo!

    http://www.impulsofeminino.com/

    ResponderExcluir
  13. Ahhhhh, fiquei curiosa quanto ao boy! hahaha

    Não conheço Dublin, mas quero muito visitar a Irlanda. Já pensei até em cursar inglês por essas bandas também. :)

    ResponderExcluir
  14. Adorei o teu post!
    Um dia gostava de ir a Dubli!
    Beijinhos

    https://annahandtheblog.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  15. Rafaaaa quantas aventuras! Cara, so quem faz intercambio para ter trocentas historias sobre adaptacao, decepcao, felicidade e tudo isso junto e misturado rsrsrsrs eu contei sobre o meu intercambio la no blog tambem, mas fiz um resumao porque quero contar dos preparativos do casamento rsrsrsrs quero muito acompanhar todas os seus posts sobre esse momento tao especial da vida e que transformou o resto da sua vida! A vida surpreende... se a gente deixar :-) Beijosssss

    ResponderExcluir
  16. Apesar da correria, parece que essa primeira semana valeu super a penas, afinal aprendeu bastante coisa. Vi um vídeo sobre Dublin no mundo segundo os brasileiros esse find e não falavam nada disso sobre os bus, adorei!

    Boa semana pra ti! Grande beijo, Fran.
    www.delirioscotidianos.com

    ResponderExcluir
  17. Eu sou uma pessoa super perdida e super ruim pra me localizar kkkkk
    Adorei seu relato, me diverti muito! E amei as fotos, que lugar mais lindo!
    bjs
    blogtrashrock.com

    ResponderExcluir
  18. Que lugar maravilhoso! Adoro posts de viagens, porque eu consigo me transportar junto com as letrinhas. Não sabia que bus lá era tão dificil. Tá pior que aqui no RJ.

    Chiquereza

    ResponderExcluir
  19. Primeiro comento sobre a parte da paixonite: hUISHUIAHUSIH viagens e seus dons de nos jogar homens gatos na frente. Vim pra Finlândia fazer serviço voluntário em maio e agora estou casada HSIUHAUSHAIUSHUIAHUISHUHAUIS Quero saber mais dessa aventura amorosa, ja que brasileiras sempre são show de bola em qualquer país pra conseguir um dengo.

    Esse negócio do transporte público ter uma diferença no valor para cada distância faz sentido, vai. O que não vale a pena é a parte do dinheiro dar tchau quando você não tem ele em exato.

    Taxis aqui na FI é muito lucrativo. O povo aqui é alcoolatra e eles realmente não dirigem quando bebem, então já viu, se não tem um amigo que ficou sem beber na noitada, é taxi na certa. Uma vez vi uma fila que tinha umas 15 pessoas esperando pelo taxi! HSUIHAUSIHUIASH E pelo menos, não é que nem no br que eles sempre tentam tirar vantagens de você, dando voltas e mais voltas.
    Adorei o post!
    A Bela, não a Fera | Youtube A Bela, não a Fera | Fã Page no Facebook

    ResponderExcluir